Visando Prevenção de Desastres, Defesa Civil de Magé Recadastra Moradores em Áreas de Risco

Com o verão se aproximando, a principal preocupação das cidades em todo o Estado do Rio é com as fortes chuvas.

Por MAURICIO JUNIOR / REDAÇÃO NDM 02/10/2017 - 00:15 hs
Foto: REPRODUÇÃO / ASCOM-MAGÉ
Visando Prevenção de Desastres, Defesa Civil de Magé Recadastra Moradores em Áreas de Risco
AGENTE DA PREFEITURA DE MAGÉ

 

 

RIO - NDM ONLINE - Com o verão se aproximando, a principal preocupação das cidades em todo o Estado do Rio é com as fortes chuvas, típicas desse período, aqui a preocupação não poderia ser diferente. Pensando nisso, e de acordo com informação oficial divulgada pela prefeitura Municipal de Magé,  através do Programa de Prevenção de Desastres da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil (SEMPDEC), continua o processo de implantação nos distritos do município. 

Os agentes estão atentos aos pontos onde se fazem necessário, o recadastramento dos moradores dos bairros: Britador, Morro do Sertão, Morro do Céu, Pau a Pique (Cavado), Pico, Caixa D’Água e Cascata, consideradas áreas de risco em Santo Aleixo.

⇋ NDM ADS  - (CCAA-Unidade Magé Tel: 2633/3675 - Conheça!) 

De acordo com Rogério Rodrigues, coordenador de projetos da SEMPDEC, explica que “o trabalho de prevenção da Defesa Civil está ligado aos riscos que os moradores correm nesse período das chuvas de verão. Com a finalização do mapeamento das áreas de risco, o recadastramento é fase em que são identificadas as residências que têm moradores idosos, pessoas com necessidades especiais, gestantes e crianças. Com essas informações vamos organizar as orientações sobre rotas de fuga, envio de alertas de risco, em caso de ocorrência de chuva forte”.

Ele ainda complementa que “até o final do mês as equipes terminam a ação de recadastramento das famílias do segundo distrito e a partir de outubro será a vez do sexto distrito, com a visitação bairro a bairro, passando pelo Beco do Saci, Buraco da Onça, Sem Terra, Jardim Nazareno e Limeira”.

O estado do Rio de Janeiro, vem nos últimos anos registrando verdadeiras tragédias no verão, exatamente por isso que, quanto mais cedo forem providenciadas as medidas preventivas, mais segura, estará à população que reside em áreas de risco dentro do município de Magé.

* Com Informações Oficiais da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Magé / ASCOM

Curta nossa pagina no Facebook e receba nossas notícias em seu Feed. 








Deixe seu Comentário